O perfil do profissional ideal contemporâneo

Qual o perfil do profissional "completo"?

Fazer parte do time de uma grande companhia como a Apple, por exemplo, não é tarefa fácil. No entanto, muito se engana quem pensa que os recrutadores estão focados em habilidades técnicas que só gênios conseguem efetuar. Muito pelo contrario, atualmente, o candidato ideal tem que aliar background com várias outras características.

Sim, estamos na era do “profissional completo”.

E quem é ele?

De acordo com um recrutador do Google, o critério de escolha dos candidatos é baseado em seu conhecimento, é claro, mas o espírito de colaboração e a paixão pelo trabalho contam muitos mais pontos.

A política da empresa não é a de ter uma equipe que procure a resposta certa, mas que tenha a capacidade de resolver diversas questões, oferecendo diferentes respostas, de forma inteligente, sintetizada e perspicaz.

No Foursquare, a grande importância é a atenção ao detalhe. Assim como no Google, eles consideram a comunicação o elemento primordial.

Segundo pesquisas, estas organizações procuram mentes estratégicas, indivíduos que executem suas tarefas com pensamento “fora da caixa” e, por último, como já citado, que realizem seus trabalhos de forma apaixonada.

Ou seja, o estereótipo do nerd acabou, minha gente. E faz tempo…

Atualizar-se por meio do estudo deve ser uma hábito, sem dúvida. Contudo, se você possui dificuldades no relacionamento interpessoal e o pensamento estratégico não é o seu forte, está na hora de potencializar tais características.

O trabalho em equipe está mais valorizado do que nunca. Isso em qualquer tipo de empresa. 

Pense nisso!

 

Texto reeditado de 2012 (original no site Ponto Marketing)

Por: Carla Bordin – Jornalista

Fonte da Imagem: Ponto Marketing

E-commerce: dicas para sua loja virtual atrair mais clientes

Várias dicas legais para atrair mais clientes para sua loja virtualMuitas vezes, fazer compras pela Internet significa entrar em um site de buscas e comparar preços. Porém, cada vez mais, trata-se de uma experiência interativa. Isso porque muitas pessoas já adquirem seus produtos com “cabeça de shopping”. Ou seja, pesquisam como se estivessem indo às compras. São indivíduos com gosto pelo novo.

Se você possui uma loja virtual, aqui está sua chance para capturar clientes em potencial, certo? Mas como?

Emoção e interação são peças-chave

O segredo é: oferecer um cenário de compra física em um ambiente virtual. Isso pode ser realizado através do compartilhamento de reações, de forma instantânea.

Alguns sites, por exemplo, exibem botões descritivos sobre seus itens, como “íncrivel”, “importante” (entre outros).

Ao clicar em um deles, o futuro comprador se depara com uma série de comentários sobre seu objeto de desejo, tornando o processo de compra mais social e fugindo do chato e burocrático: carrinho + forma de pagamento. 

Exiba as tendências de mercado

Caracterize os itens da sua loja virtual por segmentos e mostre o que está “bombando”. 

Por meio desta estratégia, até visitantes casuais irão adquirir algum produto. Afinal, quem resiste a uma novidade legal e bem apresentada? 

Site móvel de qualidade

Já faz um bom tempo que muita gente acessa o Facebook e o Twitter por meio de seus celulares e/ou tablets.

Esta tendência representa um destaque relevante no sistema de compra. Isso porque o comportamento do usuário de dispositivos móveis é distinto do daquele acostumado com seu PC.

A grande diferença é que os fãs de mobile não têm paciência para longos tempos de espera. Sendo assim, certifique-se de que sua trajetória de comércio eletrônico móvel seja ágil e prática.

 Utilize os dados dos usuários como estratégia de venda

É de conhecimento geral que a indústria de anúncios online domina a arte de segmentação comportamental.

Este procedimento é realizado por meio do armazenamento de nossas informações “deixadas” online. Logo, anúncios de nosso interesse nos são apresentados.

A mesma estratégia é possível (também há algum período) em lojas virtuais. Através do modo como as pessoas interagem, do buzz, assim como de outras informações (como idade, estado civil, entre outras), conhece-se o seu futuro comprador.

Depois, basta traçar seu perfil e oferecer o que ele curte, assim que ele retornar a seu site. 

 

Texto reeditado de 2012 (original no site Ponto Marketing)

Por: Carla Bordin – Jornalista

Fonte da Imagem: PowerRetail

Estratégias para um bom blog corporativo

Estratégias para blogs corporativosAs vantagens de um blog corporativo são muitas, assim como são os desafios. Se sua empresa está dentro deste universo, saiba que está no caminho certo, pois é uma importante ferramenta de engajamento interno e externo, assim como de vendas. No entanto, para ter sucesso neste segmento, é necessário “seguir” algumas regras.

A ética é uma delas e, para mim, a principal. Tanto daqueles que escrevem como dos editores. Obviamente que para lançar um serviço, o objetivo é enfatizar suas qualidades.

Contudo, jamais atribua características que não sejam verdadeiras, ou ofereça garantias incertas. 

Outro ponto a ser destacado é a precisão. Como os blogs são fáceis de atualizar, precisam de correções imediatas.

O tempo entre o que sua equipe publica e o que seus clientes leem é muito rápido. Logo, os possíveis erros são capturados em um piscar de olhos. Portanto, atenção redobrada!

Qual é o tom da leitura? É claro que os blogs são menos formais que a revista de sua companhia (caso possua uma).

A escrita “descontraída”, em primeira pessoa, pode aproximá-lo de seu público alvo. Porém, se houver críticas desfavoráveis, podem faltar estratégia e posicionamento adequados.

Por outro lado, se seu time de escritores for do tipo mais funcional, poderá ter mais dificuldade em exibir seu lado mais humano, afastando seus clientes do produto que está querendo promover.

Ou seja, deve-se buscar o equilíbrio.

É preciso que seu pessoal tenha o dom de engajar, posicionar-se e, também, é claro, de vender. Para isso, é necessário treinamento e o olho do dono na escolha dos profissionais certos.

 

Texto reeditado de 2012 (original no site Ponto Marketing)

Por: Carla Bordin – Jornalista

Fonte da Imagem: The Corporate Blog Study

 

Cultura da Experimentação: que tal abraçar esta ideia?

Aplique a Cultura da Experimentação na sua empresaSe acredita que sua empresa não está atingindo suas metas, talvez esteja na hora de mudar de estratégia.

É certo que seguir um novo caminho não é fácil, porque “tempo é dinheiro” ou, simplesmente, porque é difícil sair da zona de conforto.

No entanto, é possível iniciar este processo de forma despretensiosa. Faça um teste com sua equipe.

Escolha de 3 a 5 tarefas que seus funcionários acreditem que executem bem. Peça para que eles as realizem e depois anuncie o resultado.

Segundo estudos, mesmo os melhores profissionais cometem erros em metade de suas atividades cotidianas.

Isso ocorre, muitas vezes, devido à falta de foco, gerenciamento e, em muitos casos, por desânimo, se não há estímulo no dia a dia.

Pois bem, depois do resultado dos testes, sua equipe ficará espantada ao saber que o seu trabalho diário não é como imaginava.

Agora é o momento de incentivá-la, certo? 

Comece apresentando ao seu pessoal uma lista de experiências diferentes e o estimule a “solucioná-la”. Além de se deparar com ideias divergentes, irá perceber como seus funcionários ficarão mais animados e engajados.

De acordo com uma pesquisa realizada no Reino Unido, foi por meio deste método que um site inglês aumentou em 34% suas vendas.

A chamada “experimentação” pode gerar ótimos frutos para sua empresa, principalmente no setor de criação. Já o seu pessoal terá como mostrar seu potencial, descobrindo características e desenvolvendo outras. Tudo isso realizado de forma lúdica.  

Também se trata de uma estratégia diferente e adequada para lidar com disputas. Duas pessoas possuem opiniões fortes e distintas? Sem essa de discussão, que tal testar cada uma e observar qual é a mais eficiente?

Vale a pena tentar!

 

Texto reeditado de 2012 (original no site Ponto Marketing)

Por: Carla Bordin – Jornalista

Fonte da Imagem: Toastmasters International 

 

 

Como melhorar a organização e comunicação da sua empresa

Como melhorar a comunicação na sua empresa?

Hoje, contamos com uma avalanche de ideias e ferramentas revolucionárias para os mais diferentes nichos, não é mesmo?

Ou seja, é inegável que o avanço tecnológico tem beneficiado muitos segmentos de nossa indústria.

No entanto, o trabalho no ambiente corporativo continua um tanto quanto “antigo”. Ainda há muita burocracia para causas pequenas e atividades que não condizem com o século XXI.

São manuais que devem ser lidos (muitas vezes sem utilidade), treinamentos de finais de semana (que não geram os resultados esperados) e por aí vai.

Então, eu me pergunto: de que vale tanta tecnologia se, no dia a dia, tudo acontece como há quinze anos? Não há dúvidas de que precisamos incorporar inovação para fins práticos em nosso trabalho.

E como isso pode ser mudado?

Todos nós possuímos experiências que podem ser compartilhadas. Porém, até que ponto isso é incentivado pelas organizações?

Citarei outro exemplo. Para que uma reunião de vendas seja um sucesso, a fórmula é básica: troca de informações e interação entre colegas.

Entretanto, quando tal tipo de reunião ocorre, não é raro que haja desorganização e que o objetivo seja perdido, pois é comum que no meio deste tipo de “encontro” aconteçam passeios e outras atividades que impedem que tais trocas sejam realizadas com eficácia.

Se as companhias se focassem mais no conhecimento de cada membro de suas equipes, tudo poderia ser bem diferente, pois outro processo seria criado através deste conceito.

O procedimento é muito simples: todos, desde o estagiário até o presidente, dividiriam suas experiências, na base do “vamos aprender alguma coisa com qualquer pessoa”.

O valor não seria a “sabedoria” do professor, mas sim a interação e a motivação dos envolvidos. Como resultado: menos manuais e mais conhecimento prático.

Outro ponto importante é consertar tudo que possa atrapalhar o fluxo de trabalho, como computadores que não funcionam corretamente e excesso de burocracia.

Tudo isso prejudica o andamento de uma organização. Precisa investir mais em algum departamento? Então chegou a hora. Caso necessário, faça uma reestruturação em seu pessoal.

Se não está caminhando como gostaria, não acredite que promoções ou o uso de mídias sociais irá solucionar seu problema. O primeiro passo é realizar um reparo interno.

São através destas “pequenas grandes” atitudes que sua companhia pode se transformar de uma pequena para uma média empresa. Pense nisso.

Texto reeditado de 2012 (original no site Ponto Marketing)

Por: Carla Bordin – Jornalista

Fonte da Imagem: Comunicação e Tendências

Redes Sociais: interações que vão muito além do marketing

O número de pessoas que utiliza as redes sociais é bastante alto, como é de conhecimento de todos. Segundo pesquisa realizada pela Hi-Mídia e M.Sense, 95% dos entrevistados estão inseridos no universo das mídias sociais.

A rede mais acessada ainda é o Facebook, cujo apelo é a comunicação entre familiares e amigos. Já pelo Twitter, as pessoas costumam buscar notícias. 

O estudo também avaliou a interação entre os usuários e as empresas. No Facebook, 57% dos entrevistados “curtem” alguma marca. Já no Twitter, a meta é comparar preços, em busca de descontos.

Independentemente do tipo de rede social, a pesquisa revela que quando á insatisfação, a grande maioria “bota a boca no trombone”.

redes_sociais1-240x189

Aliás, o contrário também acontece. Quando uma marca merece elogio, os usuários também o fazem, na mesma proporção (Será? Tenho as minhas dúvidas…).

Um ponto importante a ser destacado. As redes sociais devem ter um papel este ano em relação aos debates e às eleições: 56% concordam que existe influência dos comentários nas mídias em assuntos sociais e para mobilizações políticas.

Isso vale como um “recado” para todos. Se as companhias já notaram como certos tipos de críticas podem mudar totalmente o posicionamento de suas marcas, este não seria um bom momento para refletirmos sobre o nosso país?

Que tal deixarmos a passividade de lado e opinarmos? Isso tudo, é claro, feito de maneira séria, com embasamento e sem exageros…

Há algum tempo, candidatos “compram” seguidores no Twitter. Não caia nesta!

Se puder, siga todos os “concorrentes” (também no Facebook). É mais uma maneira democrática de conhecê-los. Assim, criamos mais consciência e conhecimento sobre os acontecimentos e podemos votar de forma mais coerente.

Afinal, estratégias não são só para empresas, assim como mídias sociais não são só para vendas e afins. Revoluções já começaram por redes sociais

PS: Não quero incitar nada, apenas promovo o direito à informação e ao debate igualitário.

Texto reeditado de 2012 (original no site Ponto Marketing)

Por: Carla Bordin – Jornalista

Fonte da Imagem: Ponto Marketing

Agenda de agosto – confira os eventos das áreas de marketing, mídias sociais e etc!

Saiba o que irá rolar no mês de agosto nas áreas de tecnologia, marketing, mídias sociais, empreendedorismo e etc!

Confira agora! 

ExpoCarreira 2014 – 2 e 3 de agosto – Transamérica Expo Center – São Paulo

A ExpoCarreira é direcionada à captação e recrutamento de universitários para programas de trainee e estágios oferecidos por empresas de todo o o Brasil. Gratuito, o evento tem como tema o empreendedorismo e reúne espaço para exposição e programa de palestras.  

Concurso Área de Inovação e Startups SET (inscrições até 3 de agosto) – São Paulo

Um comitê composto por membros da SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão), do Sebrae e do grupo EraTransmídia selecionará 10 startups, que receberão espaço e infraestrutura para participar do Set Expo.

Os participantes escolhidos terão a oportunidade de conhecer investidores, empreendedores, assim como poderão se relacionar com profissionais das áreas de tecnologia e comunicação.

Vale qualquer projeto, desde uma ideia de uma pequena empresa ou de um profissional até mesmo de um produto em desenvolvimento de uma grande empresa. Mas as propostas deverão ser inovadoras e oferecer uma contribuição relevante para o mercado de tecnologia de radiodifusão, seja em TV, rádio, da indústria eletrônica, de computação, audiovisual, cinema e novas mídias, ressalta Rodrigo Arnaut, da diretoria da SET e um dos idealizadores do programa de startups na entidade, junto com Lindália Reis, também diretora da SET.

Para saber mais e se inscrever: http://www.setexpo.com.br/home/area-do-expositor/inscricao-selecao-startup/

Feira do Empreendedor – 5 a 8 de agosto – Centro de Eventos do Ceará- CE

A maior vitrine do empreendedorismo cearense, é um evento tradicionalmente promovido pelo Sebrae com a meta de estimular  a criação de um ambiente favorável a geração de oportunidades de negócio.

Fórum E-Commerce Brasil 2014 – 12 e 13 de agosto – Expo Transamérica – São Paulo

O Fórum E-Commerce Brasil 2014 é considerado o maior evento de e-commerce da América Latina e está entre os 5 maiores do mundo. 

Realizado desde 2010, o congresso tem um alto nível técnico, reunindo executivos de grandes operações globais e os principais executivos do mercado brasileiro. 

2º Congresso de Investimento Anjo – 13 de agosto – São Paulo

A Anjos do Brasil, organização referência de fomento ao investimento anjo brasileiro, apresenta seu segundo congresso. Investimento Anjo é uma tendência no Brasil e no mundo. Significa a junção entre capital e inteligência capaz de apoiar o desenvolvimento de negócios.

Expo Marketing Brasil – 21 de agosto – Curitiba-PR

O avanço das novas tecnologias digitais de informação e comunicação e a sua disseminação na sociedade e mercado têm causado profundas transformações no modo como as pessoas se relacionam com o mundo e entre si.

Neste contexto, esse evento tem como objetivo  mostrar o impacto da penetração digital no mercado e sociedade e apresentar as novas tecnologias/plataformas digitais que ampliam as possibilidades estratégicas de marketing.

Cyber Security Meeting Brazil – 21 e 22 de agosto – Hotel Pestana – São Paulo

A 2º edição do evento internacional Cyber Security Meeting Brazil,  também conhecido como “CSM Brazil” será realizado no Hotel Pestana em São Paulo. Tem como meta a troca de conhecimento sobre Cibersegurança, Ciberdefesa, GRC (GovernanceRisk e Compliance), Ciberespionagem e temas correlacionados. 

Social Media Brasil – 23 de agosto – Faculdade Cásper Líbero – São Paulo

Nesta edição, o foco será discutir com profundidade o pensamento estratégico e crítico e, também, abordará o planejamento de uma carreira mais promissora no mercado digital.

Fórum de Marketing Digital – 26 de agosto – Caesar Business Faria Lima – São Paulo

Sampa  recebe no dia 26 de agosto mais uma etapa do Fórum de Marketing Digital 2014. O Fórum de Marketing Digital é o maior evento itinerante do setor na América Latina e irá passar por 14 capitais em 2014, reunindo profissionais do mercado e promovendo debates sobre marketing digital.

SET EXPO 2014 – 24 a 27 de agosto – Centro de Convenções e Exposições do Center Norte – São Paulo

O SET EXPO 2014 é o único evento oficial da SET, reunindo o 25º Congresso Anual da SET e a Feira de Equipamentos, Tecnologia e Serviços aplicados aos Mercados de Broadcasting, Telecomunicações e Mídias Convergentes.

O SET EXPO foi criado para atender aos anseios do mercado por um evento mais moderno e estruturado, alinhado estrategicamente à evolução tecnológica do setor. É composto por um público altamente qualificado, com formadores de opiniões reconhecidos em sua categoria.

Expo Marketing Brasil – 28 de agosto – Dayrell Hotel & Centro de Convenções – Belo Horizonte-MG

O evento tem como objetivo mostrar o impacto da penetração digital no mercado de trabalho e apresentar as novas tecnologias/plataformas digitais.

Encontro Mossoroense de Acadêmicos de Gestão e Negócios-  28 a 30 de agosto – RN 

O Encontro Mossoroense de Gestão e Negócios reunirá estudantes de administração, recursos humanos, contábeis, processos gerenciais e áreas afins, subsidiando uma iniciativa em prol do desenvolvimento sustentável através do empreendedorismo e da inovação na cidade de Mossoró.

Espero que minha agenda seja compatível com a sua!

Se quiser divulgar algum evento, conte comigo. Precisamos de mais congressos além de Sampa, não é mesmo?

Fontes: iMasters, Administradores, Social Media Brasil, SET

 

Por: Carla Bordin – Jornalista